Bonecas e bonecos de biscuit

O primeiro passo para conseguir fazer qualquer personagem em Biscuit - Construindo as referências

Aline Marinho
Escrito por Aline Marinho

Sabe aquele seu personagem favorito? Você já teve vontade de fazê-lo em biscuit mas não sabia por onde começar? Neste post eu vou te mostrar passo-a-passo como construir as referências para personagens em biscuit , que é o primeiro passo para conseguir fazer qualquer personagem que você desejar.

Leia este post até o final para saber mais sobre quais imagens escolher para montar a referência e como configurar a referência.

Você acha que esse post pode contribuir com o outras artesãs? Então clique em um desses botões de compartilhamento localizados no lado esquerdo e  faça a sua parte, compartilhe nas redes sociais ! ( se você está vendo pelo celular estes botões ficam na parte de baixo ).

Iniciando 

Para lhe ensinar eu vou utilizar como exemplo um dos meus personagens favoritos : O Chapeleiro Maluco do filme da Alice no País das Maravilhas ! Dá só uma olhada como ele ficou :

Para construir as referências para personagens em biscuit será necessário escolher corretamente as fotos do personagem.

Escolhendo as Imagens

Não será qualquer imagem que você escolherá , você separará imagens das seguintes partes do personagem :

Rosto de Frente

 

Rosto de Perfil

 

Meio Perfil

 

Roupas

 

Detalhes da roupa

 

Imagem da Pose

 

Configurando as Imagens

Após escolher as imagen você irá configurá-las da maneira correta para que possam ser utilizadas. No vídeo abaixo eu ensino como fazer essa configuração  :

Resultado final

Ao final da configuração efetuada a referência ficará da seguinte forma :

Mãos na massa !

E aí , você já tem em mente o personagem que você fará ? Agora é a hora de botar a mão na massa e praticar !

Na Escola On-Line de Biscuit e Modelagem eu ensino a fazer o Chapeleiro Maluco e diversos outros personagens em Biscuit . Clique na imagem abaixo para saber mais a respeito :

Até a próxima !

Olá ,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.